Categoria Motivação

Compulsão Alimentar: Saiba o que é e como se livrar desse problema

Compulsão alimentar

Se você acha que a geladeira é a sua melhor amiga nas horas difíceis, então é bom ficar atenta, pois você pode estar sofrendo de compulsão alimentar.
Isso mesmo! A compulsão alimentar é um problema de saúde grave, que faz com que as pessoas não consigam ter um controle sobre o que consomem, ou mesmo não conseguem mudar seus hábitos alimentares para perder aqueles quilos a mais tão indesejados e emagrecer com saúde.
Embora seja pouco falado, a compulsão alimentar se configura como um transtorno alimentar bastante comum na sociedade, e o grupo mais afetado são as mulheres na faixa etária dos 30 aos 45 anos de idade.
Se você ficou interessada no assunto, ou mesmo se identificou com o problema e deseja saber mais a respeito para descobrir como eliminar esse transtorno de vez da sua vida, então continue lendo esse post e conheça:
• Principais sintomas da compulsão alimentar;
• Qual a solução para esse transtorno alimentar.
Confira!

Principais sintomas da compulsão alimentar

Os principais sintomas existentes na vida de uma pessoa com compulsão alimentar são:
• Falta de controle sobre a quantidade de alimento consumido;
• Consumir uma quantidade exagerada de alimentos em um curto espaço de tempo;
• Sensação de que a comida é uma forma de conforto para algum problema emocional existente;
• Comer além do necessário para manter o bom funcionamento do organismo
• Se alimentar mesmo quando não se está com fome;
• Não se sentir satisfeito nunca com a quantidade de alimento consumido, mesmo que esta seja maior do que deveria.
Como pode notar, os sintomas da compulsão alimentar, muitas vezes, podem passar despercebidos por parecer uma situação comum do dia a dia.
Mas sempre é bom ficar atento a periodicidade com que eles acontecem, pois um problema como esse pode acarretar no desenvolvimento de problemas ainda maiores como a obesidade, por exemplo.

Como solucionar o problema da compulsão alimentar

Lidar com a compulsão alimentar não é fácil. Mas se você deseja se livrar desse problema e emagrecer de forma saudável para manter o seu corpo em forma, então a primeira dica é:

1. Trace um plano alimentar e tente segui-lo à risca
Geralmente fazer dieta, bem como estabelecer inúmeras tentativas para emagrecer, são fatores que podem levar a compulsão alimentar.
Sendo assim, o melhor que você tem a fazer para evitar que esse problema se instale na sua vida é mudar a forma como você se alimenta, traçando um plano alimentar e seguindo este planejamento à risca.
Procure se alimentar de forma saudável e tente seguir um padrão alimentar diário. Assim você evitar o consumo de alimentos fora do horário estabelecido, diminuindo assim alguns sintomas característicos da compulsão alimentar.
2. Livre-se do Estresse
Um dos fatores que mais gera distúrbios alimentares é o Estresse. A incapacidade de lidar com situações e sentimentos difíceis pode levar uma pessoa a desenvolver compulsão alimentar.
Por isso, a dica é que você se livre de tudo que, de alguma forma, lhe cause estresse no dia a dia. De que forma?
Muito simples! Procure formas que lhe conduzam a uma condição de calma e tranquilidade. Faça Yoga, pare um momento durante o dia para relaxar, enfim, faça o que for necessário para garantir que o seu dia a dia seja o menos estressante possível. Assim as suas chances de ter compulsão alimentar são menores.
3. Peça ajuda a um profissional
Hoje em dia existem vários profissionais que se especializam para lidar especificamente com pessoas que apresenta algum transtorno alimentar que impede o emagrecimento saudável.
Estes profissionais são conhecidos como coach de emagrecimento e nesse caso representam uma excelente solução para resolver o problema da compulsão alimentar
Isso porque o profissional coach de emagrecimento procura trabalhar com uma dinâmica diferenciada e eficaz para encontrar o foco do problema em cada pessoa e assim ter a capacidade de listar as melhores formas para solucionar o transtorno alimentar, levando sempre em consideração os hábitos de vida de cada pessoa.
Portanto, agora que você já sabe quais são os sintomas e como se livrar da compulsão alimentar, não perca tempo e coloque as dicas acima em prática, não só para emagrecer com saúde, mas também para melhorar a sua qualidade de vida!

Emagrecimento Doenças causadas pela obesidade

Um corpo lindo, magro, bem delineado, é o sonho de muita gente. No entanto, nem sempre é só pela beleza que se busca esse corpo tão desejado entre todos.
Atualmente o Brasil possui um alto índice de obesidade infantil e adulta. Com a globalização e a consequente expansão do consumo de alimentos industrializados e gordurosos, a população teve um aumento no índice de obesidade. Juntamente com isso, o número de doenças causadas pela obesidade cresceu enormemente, afinal, todos sabemos, a obesidade constitui um enorme risco para a saúde daquele que sofre com esse problema.
Como se não bastasse, as doenças são tão graves em muitos casos não afetam apenas aquele que é acometido pela doença, mas também seus familiares e, principalmente, seus dependentes.
Com tantas dificuldades geradas pela obesidade, é importante conhecer as principais doenças geradas pela obesidade e quais os sintomas dessas doenças.
Vamos lá?

Principais doenças causadas pela obesidade

Hipertensão – As pessoas obesas são as mais acometidas por esta doença. Devido à alimentação problemática e o acúmulo de propriedades prejudiciais à saúde, é causa de grande parte dos óbitos.
Segundo a OMS, Organização Mundial da Saúde, 1 em cada 3 adultos no mundo, tem pressão alta!
A pressão arterial tende a aumentar com o ganho de peso e a idade. Quem está acima do peso e tem pressão alta, com uma perda de peso em torno de 4 quilos, pode surpreender-se com o retorno da pressão arterial a níveis seguros.

Hipertrofia ventricular – O coração é o grande responsável pela circulação de sangue no corpo; faz isso pulsando o sangue. Quando o indivíduo tem uma estrutura muito grande, o coração precisa bater muito mais para conseguir sustentar o corpo, fato que acaba gerando essa doença que falamos!

Apneia – Muito conhecida e difundida na sociedade, é uma doença que faz com que o indivíduo tenha pequenas (ou nem tão pequenas assim) paradas respiratórias. Devido a gordura acumulada, a respiração é obstruída durante o sono.

Depressão – Devido à pressão social e pressão própria da pessoa, além do medo de muitas doenças, grande parte das pessoas obesas possuem um alto grau de baixo autoestima, o que pode gerar a tão temida depressão.

Diabetes: Não poderia faltar na lista. É uma das doenças mais comuns aos obesos, embora não se manifeste somente me obesos, claro.
A grande diferença está no fato de que a obesidade facilita a resistência à insulina, levando ao desenvolvimento da Diabete tipo 2, muito mais difícil e complicada de ser tratada.

Câncer: Segundo pesquisas, a obesidade aumenta em 50% o risco de incidência de câncer.

Infertilidade: A obesidade pode gerar alterações nos níveis hormonais das mulheres, o que acaba por resultar em uma possível insuficiência ovariana: infertilidade.

Pedras na vesícula biliar: Uma dor muito temida é a dor da famosa “pedra”. A pedra na vesícula biliar também é um baita problema.
É mais comum de acontecer nas mulheres.
O fígado elimina a bile, que fica armazenada na vesícula biliar. A bile é responsável por dissolver gorduras, logo, uma dieta rica em gorduras, aumenta essa produção.

Dor lombar: Devido ao peso excessivo que os obesos necessitam sustentar, a coluna é um dos pontos que mais sofre. A lombar, alvo central dessa dor, pode chegar até mesmo a sofrer uma lesão estrutural.
Além disso, ainda sem adentrar outras doenças, mas somente lembrando, a obesidade pode aumentar o risco de osteoporose, artrite e osteoartrite.

Infecções de pele: Como a obesidade excessiva gera um grande alongamento da pele, esta dobra-se sobre si mesma, gerando infecções nessas dobras.

Úlceras: Segundo o National Institute of Health (NIH), a obesidade pode ser um fator que auxilia no desenvolvimento de úlceras gástricas.

Os perigos não param

É impossível listar todas as doenças que podem ser geradas devido a obesidade, por isso, neste artigo, citamos apenas algumas. Para que tenha uma ampla noção, há cerca de 27 doenças causadas pela obesidade, de todos os tipos.
Sendo assim, para evitar risco para a saúde, leia nosso artigo que trata sobre como emagrecer de forma saudável !

Faça seus comentários, tire suas dúvidas. Terei prazer em responder.
Estes textos são feitos para você, então sugira temas de seu interesse.

contato@patriciaturella.com.br

Procrastinação e Emagrecimento

O emagrecimento é algo que deve ser feito com seriedade, disciplina, motivação, esforço e tempo, certo? Bem, certamente isso você já sabia, não é mesmo? Então… o que devemos falar mais aqui?
O grande problema da maioria dos seres humanos, além da falta de bons hábitos e falta de motivação , temos a procrastinação! Essa é algo difícil de ser mudado, nossa como ela é capaz de prender qualquer um dentro de sua própria derrota.
Mas afinal, o que é procrastinação? A procrastinação nada mais é do que pôr em prática aquela velha frase: por que fazer hoje aquilo que você pode fazer amanhã? (Sim, a frase está meio controvertida à propósito).

O que a procrastinação tem a ver com o emagrecimento?

Emagrecer não é simplesmente fechar a boca, quem dera fosse. O processo de emagrecimento é um processo contínuo, diário, complexo e lento (infelizmente não emagrece em 24hrs!).
Como já dissemos em outros artigos, que você pode acessar clicando nos links espalhados por esta página, o hábito e a disciplina constituem um valor fundamental para qualquer bom resultado. Podemos entender o hábito como algo que se acostuma a fazer, algo que se torna normal, fácil, comum, que não precisa de esforço para ser feito. No entanto, é óbvio que para isso é preciso um grande esforço, é preciso força de vontade, motivação.
Já a disciplina é exatamente o contrário da procrastinação. Enquanto a procrastinação deixa para depois aquilo que poderia e deveria ser feito agora, a disciplina vai fazer logo, e bem feito!
No processo de emagrecimento não é diferente. É necessário ter disciplina, rigorosidade, vontade, e claro, fazer bem feito.
As pessoas que procrastinam sempre deixam para fazer o que é preciso, no momento seguinte, e seguinte, e seguinte, e no próximo, etc. Já viu alguém falar, (ou, quem sabe, você mesma tenha falado) algo como “segunda-feira eu começo a dieta”? (Sabia que dieta não faz bem? Leia aqui - DIETA X REEDUCAÇÃO ALIMENTAR Deixar para depois é uma característica da procrastinação.
Se você realmente deseja alcançar seus objetivos e suas metas, e se além disso deseja poupar tempo, você deve chutar a cara da procrastinação e começar a mudança agora mesmo! Não encontre desculpas. Não importa se hoje tem aniversário, se amanhã tem festa, se final de semana tem jantar fora, se fizeram uma comida super gordurosa para você, não interessa; você precisa começar o quanto antes, para não correr o risco e ficar sempre aguardando o momento ideal, que jamais vai existir.

Como se livrar da procrastinação

Bem, agora com certeza você percebeu como a procrastinação pode atrapalhar todo seu suado e querido processo de emagrecimento, não?! A grande questão é: como se livrar da procrastinação….
Antes de eu te mostrar como fazer isso, preciso te dizer que se você não começar agora mesmo, você tende a falhar; se você não chutar sua procrastinação agora mesmo, sua chance de sucesso diminui grandemente.
O primeiro passo que você deve tomar é fazer aquela coisa que você vem enrolando para fazer. Levante agora mesmo e faça! Sabe aquela lista de novas comidas para você? Faça agora; sabe aquele Coach que você iria entrar em contato? Mande uma mensagem; sabe aquela pesquisa sobre emagrecimento que você nunca terminou? Vá agora mesmo e faça! Crie uma rotina e siga.
Acabar com a procrastinação é fazer aquilo que você pode fazer, é livrar-se das desculpas!

Faça seus comentários, tire suas dúvidas. Terei prazer em responder.
Estes textos são feitos para você, então sugira temas de seu interesse.

contato@patriciaturella.com.br